Como Seu Negócio Pode Sobreviver a 2019

Se você acompanha os jornais, o Facebook e todo esse caos eleitoral que acontece no Brasil nesse exato momento, você deve estar (ou deveria…) minimamente preocupada com o que vai acontecer (no mínimo) com a economia brasileira em 2019.

Antes de começar nosso conteúdo, um aviso:

 

mulher, esse não é um post político.

Se você tem siricoticos todas as vezes que criticam o seu candidato,

melhor nem começar a ler esse post. 

Escrevo para empreendedoras objetivas e pragmáticas, 

que realmente querem ter sucesso. Ok?

Bom, depois do disclaimer acima, vamos trabalhar.

Eu já decidi meu voto e você provavelmente já deve ter decidido o seu.

Mas a questão aqui é a seguinte: nenhum dos dois candidatos – NENHUM, em caixa alta mesmo – traz certeza e segurança de que a economia em 2019 vai voltar aos trilhos.

Essa incerteza é o estopim de mais incerteza, em um looping eterno e caótico.

Mais incerteza gera problemas no mercado financeiro, que gera problemas nas empresas e na indústria, na balança comercial, nas exportações, alta do dólar…

Enfim, você já conseguiu entender o cenário.

E entenda, eu volto a repetir: qualquer um dos candidatos vai gerar essa insegurança. É o que dizem empresas conceituadas de rating, como a Standard and Poors, por exemplo.

Beleza, Amanda, agora que você já me deixou apavorada,

pode me dar alguma boa notícia?

Posso, sim, senhora!

 

A boa notícia é a seguinte: você pode se preparar para o que está por vir.

Mais do que nunca, você precisa tomar jeito (vergonha na cara, cerveja, vodka, o que você preferir) e mudar certas partes fundamentais do seu negócio. Agora. Right now. Ou você faz isso ou tem grandes chances de quebrar a partir de janeiro.

Vambora?

kit apocalipse em 2019: gestão financeira

Senta aqui com a tia Amanda.

Até quando você vai gerenciar as finanças da sua empresa e as suas finanças pessoais feito criança de 07 anos jogando Banco Imobiliário?

(Eu avisei a você que esse post é para as fortes, não avisei?)

 É virtualmente impossível continuar dessa forma se você quer que o seu negócio seja sustentável no ano que vem e nos próximos anos.

Sugiro um controle forte de custos, principalmente custos fixos. Você tem um escritório que só dá despesa, sem nenhuma equipe para justificar uma sala comercial gigante? Se você estiver sofrendo para pagar isso, onde está o seu bom senso? Corta isso o quanto antes, volta a trabalhar em casa, vai trabalhar em um coworking, aluga uma sala junto com outras empreendedoras tão sérias quanto você.

Olha para os seus custos hoje e pensa: eu realmente preciso disso? Quantas assinaturas você tem, por exemplo, sem usufruir de verdade delas? Você vê TV aberta? Por que não troca pelo Netflix (e aproveita para ver menos TV)?

Essa é só a superfície do problema de gestão financeira. Fica ainda mais tenso quando falamos em custo de produção, por exemplo…

Você sabe quanto custa produzir seus itens ou oferecer seus serviços? Se você não tem isso na ponta do lápis, você está correndo o risco de pagar para trabalhar até o dia em que perceber que suas contas não fecham.

É melhor você tomar conta do seu dinheiro antes que o dinheiro tome conta de você, da sua vida, da sua sanidade mental.

Sugestão: comece ainda hoje uma planilha e coloque no alarme do seu celular o compromisso de visitá-la e atualizá-la todo santo dia. Sim, todos os dias. Ninguém fica rico sem fazer da gestão financeira uma atividade constante e diária.

 

kit apocalipse em 2019: Delegar antes que seja tarde

 

Esse assunto é um bocado tabu e assustador para algumas empresárias.

Como delegar minhas tarefas se eu:

– Acho que só eu sei fazer essas tarefas do meu negócio;

– Ninguém fará melhor do que eu;

– Acho que custa uma grana ter equipe;

– Tenho preguiça de treinar pessoas?

 

Bom, se você pensa assim, eu tenho algo muito importante para te dizer, leia com amor:

Ou você faz ou você delega, meu bem.

E se você não faz nem delega… nós temos um problema.

Pois é.

Eu escuto de várias alunas todas essas reclamações aí em cima. O grande X da questão é reclamar da delegação, não fazê-la…

… mas também não conseguir dar conta das suas tarefas!!!

Se você hoje não dá conta, precisa resolver de uma forma ou de outra.

Dá trabalho treinar uma pessoa? Dá.

Custa uma grana contratar? Não!

Na maioria das vezes, você tem na sua cabeça um valor muito mais alto do que o praticado no mercado. E mais: precisa considerar quanto de tempo essa pessoa vai liberar da sua agenda. Nas horas em que você não estiver mais ocupada com aquelas atividades, você vai produzir e vender mais? Se a resposta for positiva, a delegação naturalmente vai se pagar e vai fazer sua empresa crescer.

Em um determinado momento do seu negócio,

(normalmente mais cedo do que você imagina e consegue enxergar)

a falta de equipe pode sufocar o crescimento da sua empresa.

Admitir que você precisa terceirizar/contratar funcionários pode ser a salvação da lavoura.

Vamos preparar um post esperto com muitas informações sobre delegação e contratação, que tal?

Mas, por enquanto, avalie sua situação, veja se isso precisa ser resolvido no seu negócio e procure já uma maneira de trazer pessoas para trabalhar com você.

Kit apocalipse em 2019: gestão da sua comunicação digital

 

Estamos quase em 2019 e você ainda não deu um jeito no seu site, no Facebook do seu negócio, seu perfil no Instagram?!

Você ainda nem sabe o que é newsletter e não sabe para que bodegas funciona um serviço de mail marketing?!

Mulher, você tem noção de que o seu concorrente pode aplicar e executar tudo isso na comunicação dele e te roubar alguns (ou muuuuitos) clientes?!

Trabalhar a sua comunicação digital já deixou de ser “amanhã eu faço”. Já é “tô devendo isso desde ontem”.

E nem adianta reclamar de tempo, falar que você faz tudo sozinha, que você não tem equipe, que já tentou de tudo e não conseguiu. Reclamar não adianta porque não vai fazer seu problema desaparecer, você consegue entender isso? Não tem jeito, não tem escapatória ou meios de varrer isso para debaixo do tapete: ou você faz ou sua empresa quebra.

Isso significa que você deve:

  • Pensar na mensagem da sua marca e como posicioná-la no seu mercado, destacando seu negócio do resto dos seus concorrentes – e isso precisa ficar visível o tempo todo, em cada mensagem da sua comunicação;
  • Construir seu plano de comunicação offline e digital, pensando nos seus ativos (quais são seus principais blocos de conteúdo? Quais serão seus principais canais de comunicação? Você tem equipe para gerir a sua comunicação ou você fará isso sozinha?);
  • Construir seu calendário editorial, para cada plataforma digital que você tiver, considerando a sua estratégia de vendas para os próximos meses.

Construir conteúdo digital sem um mínimo de planejamento e estratégia é dar tiro  no escuro: você pode até ter resultado, mas ele será muito menor do que o que você poderia conseguir com uma estrutura séria, planejada e profissional.

Acredite: é possível ter um plano de comunicação mais prático, mais produtivo e otimizado, com conteúdo produzido com antecedência, alinhado com as suas ofertas e seu planejamento de vendas. Mas, para isso acontecer, você precisa pensar nos itens acima, sempre de acordo com o que o seu cliente quer ler, consumir como conteúdo relevante. Faça seu dever de casa: estude o seu cliente ideal e construa seu plano de comunicação digital para conquistá-lo.

Kit apocalipse 2019: planejamento de vendas

Eu confesso que me dá um certo desespero quando eu pergunto sobre planejamento de vendas de 2019 para minhas alunas e clientes e só escuto barulho de grilos…

Se você não sabe o que vai vender, como vai estruturar suas ações de marketing sem se desesperar, atrapalhada e em cima da hora?

Se você não sabe o que vai vender, como vai medir se teve um bom ano, em termos de crescimento e faturamento? Você ainda se preocupa apenas em pagar suas contas, essa é a sua única métrica?

Se você quer ser grande, precisa pensar, planejar e agir como os grandes fazem.

Planeje com seriedade suas próximas vendas e construa métricas para acompanhar suas campanhas de vendas. Não tenha medo das metas! Elas te mostram se você está no caminho certo ou se precisa fazer algum ajuste. Encare isso com maturidade.

O planejamento de vendas com organização e antecedência é importante para fazer um bom planejamento da sua comunicação e das suas ações de marketing, o que potencializa as suas vendas e engaja mais clientes em potencial. Qualquer ação executada em cima da hora não tem a mesma potência e eficácia que ações bem planejadas.

Pense nas ofertas regulares, ofertas especiais e nas campanhas sazonais, especialmente aquelas que acompanham datas especiais que são pertinentes ao seu universo de clientes. Planeje quanto pretende vender mês a mês, se pretende criar novos produtos e serviços. E case esse planejamento com os conteúdos das suas plataformas digitais, newsletters e eventos de networking presencial.

 

Promete que vai pensar nisso com carinho?

(Caso contrário, eu mesma te dou um puxão de orelha!)

Um beijo,

Amanda.

0 Comments

amanda

Apaixonada por comunicar e conectar pessoas. Gosto de histórias, gosto de paixão, de gente visionária e com vontade de fazer diferente. Sou tagarela, então prepare-se para me ver escrevendo ou gravando muitos vídeos por aqui.

Youtube

siga @somosmulheresincriveis

Curta Nossa Página